sexta-feira, 23 ago 2019
Administração

Palavras-chave: ‘regressão’

Porque regressão não é imaginação

Ao fazer a regressão de uma paciente na semana que passou tive, mais uma vez, a comprovação de como as regressões podem ser assertivas do ponto de vista histórico e demonstrar coisas que seriam impossíveis de serem relembradas de outra forma. Esta paciente, D. C, está no início de seu tratamento e essa foi sua segunda […]


A opção pelo tédio na vida

Tive a dois dias o que pareceu ser a última sessão de terapia com Z., que no post “O tédio da vida” se queixava de uma sensação de desmotivação muito grande na vida. Essa desmotivação parece acompanhar um tipo de personalidade depressiva e melancólica que desde os mais novos anos se fizeram presentes na vida […]


O tédio da vida

Ontem fiz a primeira regressão de Z., minha paciente do post “A enlutada”, sua queixa principal hoje é a desmotivação na vida, que acha monótona e tediosa, faltam-lhe estímulos para sentir-se bem consigo mesma e com as pessoas, que acha de um mesmo padrão, repetitivas e sem graça. Esse tédio ela diz provir de uma […]


Um E.T por perto

Muitas pessoas já me perguntaram se durante as regressões meus pacientes tiveram algum tipo de “contato imediato” com OVNI’S ou se viram algum extraterrestre (E.T); normalmente respondo que em minha experiência já tive alguns relatos relacionados a isso, mas não dei maior atenção, pois o objetivo da terapia de vidas passadas (TVP) não é investigar […]


Um caso de melancolia

Quando me surgiu o primeiro caso de melancolia, em uma paciente que vou chamar de S.R, fiquei inicialmente confuso, parecia-me estar diante de mais um caso de depressão, mas alguma coisa não se encaixava, os sintomas não eram os clássicos sintomas depressivos e desapareciam por períodos relativamente longos, além disso vinham acompanhados de sintomas físicos inexplicáveis […]


 

ARQUIVO MORTO

AOS MEUS PACIENTES

Nos últimos 10 anos tive pacientes dos mais diferentes tipos no meu consultório: tive os agradáveis, os difíceis, os que queriam resolver logo sua vida, os que queriam apenas aliviar suas dores, aqueles que não sabiam o que queriam, os curiosos; alguns jovens, corajosos; anciãos às portas da morte, pacientes espiritualizados, céticos, cínicos, com fé demais, com fé de menos, "loucos varridos", pacientes divertidos, prepotentes, alguns amargos; todos de alguma forma doentes... de tudo: do corpo... da alma... do coração; mas todos com algo em comum, a necessidade de dividir suas dúvidas e angústias com alguém, de encontrar uma saída para suas dores e formas de acertar o que estava errado em suas vidas.

(clique aqui para ler na íntegra.)

CONSULTAS EM MANAUS