quarta-feira, 26 fev 2020
Administração

Palavras-chave: ‘melancolia’

O inferno de Amy, o inferno de todos nós…

Existe um ditado antigo que diz: “O inferno são os outros..”, dito assim parece que tudo o que nos pode perturbar e tirar a paz vem de fora, do mundo exterior ou das pessoas, ledo engano; o exemplo de Amy Winehouse está aí para provar exatamente o contrário. Seu inferno era puramente interior e seus […]


As mágoas nossas de cada dia.

Estou tratando à algum tempo uma senhora muito distinta que vou chamar de E.F, esta senhora me procurou em virtude de um problema crônico de depressão e melancolia, esse quadro já lhe persegue a anos e não teve melhoras por mais que ela tenha buscado auxílio dos melhores profissionais de saúde do Brasil, pois é […]


As dores do corpo e as dores da alma

Num artigo da revista Veja desta semana, a de número 14, li o artigo de um psiquiatra americano que está no Brasil para dar uma palestra sobre depressão e dor, seu enfoque é mais na área de manifestação da doença como causadora de dores físicas nos pacientes depressivos, seus sintomas e sua cura. Por coincidência […]


A opção pelo tédio na vida

Tive a dois dias o que pareceu ser a última sessão de terapia com Z., que no post “O tédio da vida” se queixava de uma sensação de desmotivação muito grande na vida. Essa desmotivação parece acompanhar um tipo de personalidade depressiva e melancólica que desde os mais novos anos se fizeram presentes na vida […]


Um caso de melancolia, o desfecho.

Ontem tive a sessão final de minha paciente mais antiga, a paciente S.R citada no post Um caso de melancolia, dar alta a um paciente sempre é uma satisfação e me dá uma alegria imensa, mas nesse caso isso foi ainda mais especial, já estávamos a 07 anos entre idas e vindas na terapia e […]


Um caso de melancolia

Quando me surgiu o primeiro caso de melancolia, em uma paciente que vou chamar de S.R, fiquei inicialmente confuso, parecia-me estar diante de mais um caso de depressão, mas alguma coisa não se encaixava, os sintomas não eram os clássicos sintomas depressivos e desapareciam por períodos relativamente longos, além disso vinham acompanhados de sintomas físicos inexplicáveis […]


 

ARQUIVO MORTO

AOS MEUS PACIENTES

Nos últimos 10 anos tive pacientes dos mais diferentes tipos no meu consultório: tive os agradáveis, os difíceis, os que queriam resolver logo sua vida, os que queriam apenas aliviar suas dores, aqueles que não sabiam o que queriam, os curiosos; alguns jovens, corajosos; anciãos às portas da morte, pacientes espiritualizados, céticos, cínicos, com fé demais, com fé de menos, "loucos varridos", pacientes divertidos, prepotentes, alguns amargos; todos de alguma forma doentes... de tudo: do corpo... da alma... do coração; mas todos com algo em comum, a necessidade de dividir suas dúvidas e angústias com alguém, de encontrar uma saída para suas dores e formas de acertar o que estava errado em suas vidas.

(clique aqui para ler na íntegra.)

CONSULTAS EM MANAUS