domingo, 28 mai 2017
Administração

Vigiai e orai

“Vigiai e orai, para que não entreis em tentação; o espírito, na verdade, está pronto, mas a carne é fraca” Marcos 13:33.

 

O “Orai e vigiai” pregado por Jesus a dois mil anos vem calhar nesses momentos, quando estamos perdidos, sem rumo no mundo e expostos à todo tipo de maldade. Procurar manter-se em equilíbrio frente às nossas próprias más tendências é a melhor escolha, e os ensinos de Jesus, mesmo os mais simples sempre são muito terapeuticos. Sua orientação para a busca de forças na prece nos colocando em contato com o divino, e em na vigilância de nossos próprios atos é de uma simplicidade e eficácia sensacionais.jesus_thumb

Quando o grande mestre nos ensinou a lição do vigiar e orar ele queria nos alertar para que nossa vigília sobre nós mesmos fosse contínua e intensa, a sombra que existe em cada um de nós quer o tempo todo desviar-nos para o caminho do mal e do egoísmo, entregar-nos à ela e seus desajustes é o caminho mais rápido para adoecer da mente e do espírito, mas o contrário também é verdadeiro, olhar nossa própria sombra sem nos descuidar dela um instante é salutar e nos faz errar menos. Caso nos descuidemos disso  podemos no fim acabar sofrendo ou em desespero, vitimizados por psicopatologias das mais variadas como: as distimias, a ansiedade o pânico e muitas outras; terminando por amargurar a solidão dos egoístas e a infelicidade dos maus, apenas por ter percorrido o caminho errado deixando de vigiar seus atos à luz das leis divinas que Deus estabeleceu para ordenar a criação. Como disse Jesus a carne é franca, tanto para resistir às nossas próprias más tendências como para sobreviver às consequências dessas escolhas.

Dizer que o espírito está pronto, como disse o grande mestre, é afirmar que temos todas as condições para nos fazermos seres completos, seja pela nossa razão, pelo cultivo dos bons sentimentos, ou ainda por nossa grande capacidade social de interagir e ajuda-nos mutuamente. Só que isso não basta frente aos apelos do mundo, que muitas vezes nos confundem e fazem entrar por caminhos equivocados em busca de uma falsa felicidade. Somente nos vigiando, fazendo bosas escolhas  conseguiremos dar bom termo à nossa vida, aprendendo com ela o necessário e robustecendo nosso espírito para as provas que virão no porvir, sabendo que pedir forças a Deus para superar as dificuldades é uma fonte inesgotável de fé. Não é fácil escapar das ilusões do mundo e de nossas fraquezas interiores, por isso, quando preciso, devemos nos fortalecer na força da prece, eficiente terapêutica da alma. Cultivar esse hábito fortalece a fé e mantém nosso espírito em paz no caminho do sucesso dessa grande empreitada que é a vida, e que de certeza, foi colocada em nossos ombros para que a suportássemos e chegássemos até o final da existência como seres melhores.


 

ARQUIVO MORTO

AOS MEUS PACIENTES

Nos últimos 10 anos tive pacientes dos mais diferentes tipos no meu consultório: tive os agradáveis, os difíceis, os que queriam resolver logo sua vida, os que queriam apenas aliviar suas dores, aqueles que não sabiam o que queriam, os curiosos; alguns jovens, corajosos; anciãos às portas da morte, pacientes espiritualizados, céticos, cínicos, com fé demais, com fé de menos, "loucos varridos", pacientes divertidos, prepotentes, alguns amargos; todos de alguma forma doentes... de tudo: do corpo... da alma... do coração; mas todos com algo em comum, a necessidade de dividir suas dúvidas e angústias com alguém, de encontrar uma saída para suas dores e formas de acertar o que estava errado em suas vidas.

(clique aqui para ler na íntegra.)

VÍDEOS

YouTube responded to TubePress with an HTTP 410 - No longer available

CONSULTAS EM MANAUS