sábado, 28 nov 2020
Administração

Nossos resgates

Tenho encontrado com muita frequência pessoas que estão sofrendo por algum parente, irmão, pai ou mãe, e muito resignados com isso. A justificativa é que isto seria algum tipo de “resgate” entre os dois. A partir daí gostaria de tecer alguns comentários sobre essa crença que pode lavar muitos a um sofrimento desnecessário..Primeiro vamos conceituar o que é “resgate”. O resgate em português se refere a ação de livrar ou de libertar; a quitação de um débito ou uma dívida como resultado de seu pagamento. Mas se interpretarmos  isso pela ótica religiosa ou  espiritual esse significado passa ser entendido de outras formas. Para a maioria das religiões cristãs, por exemplo, o “resgate” seria o meio de Deus livrar, ou salvar, a humanidade do pecado e da morte. Ele teria nos dado em sacrifício de resgate  seu Filho, Jesus Cristo, como a maior de suas dádivas. Era preciso um resgate que tivesse o mesmo valor daquilo que foi perdido com a queda de Adão e Eva. Isso se harmonizaria com princípio de justiça perfeita, na Palavra de Deus: “Será vida por vida.” (Deuteronômio 19:21) assim o “resgate” exigido seria correspondente a outra vida humana perfeita. — 1 Timóteo 2:6.

Discordo dessa interpretação porque de início entendo que qualquer dívida deve ser paga por quem contraiu o débito, se não for assim ou Deus teria agido com complacência com alguns, graves devedores, e severo demais com outros, aqueles que não devem e teriam que pagar pelo erro alheio; algo que é completamente injusto. Outra coisa, se o cobrador final era Deus, como ele poderia quitar a dívida da humanidade pagando a ele mesmo com seu bem mais precioso, seu filho? Confuso não?

Para as correntes orientalistas como os budista, jainista e religiões hindus o resgate está intimamente associado ao conceito de Carma, uma lei de causa e efeito que traria a todos os seres o resultado de suas ações pretéritas, boas ou ruins. Este poderia ser coletivo ou individual. Alguns movimentos esotéricos costumam falar em Carma no sentido de “conjunto de deméritos acumulados” e em dharma como “conjunto de méritos acumulados” Mas o termo Dharma não é consistente com o uso tradicional das religiões orientais, porque significa ensinamento ou verdade em vez de mérito ou virtude.

Outros adotam um conceito semelhante ao do Espiritismo. Na visão espírita cada ser humano é um espírito imortal encarnado que herda as conseqüências boas ou más de suas encarnações anteriores. Embora Allan Kardec não tenha usado em momento algum a palavra “Carma” ou qualquer de suas variações. Mas por confluência com outras religiões esse termo acabou sendo incorporado à doutrina.

O certo é que temos muito a resgatar e aprender, passando nosso espírito por um sem número de provas até chegar à perfeição, mas ninguém é responsável pela evolução do próximo, nem pode anular ou atrapalhar a sua própria devido a um irmão resgateque não quer progredir. Algumas pessoas equivocadamente supõe que tem um Carma, ou um resgate em relação a outrem, submetendo-se a sofrimentos extras por conta de irmãos irresponsáveis e despreocupados com seu próprio estado. Temos o dever moral de ser caridosos, sem discriminação mas daí a querer dividir o fardo alheio aliviando o irmão recalcitrante de suas responsabilidades é algo que vai prejudica-lo mais do que ajuda-lo, até porque as dificuldades que ele eventualmente enfrentar serão justamente aquelas molas que o impulsionarão para frente. Tanto faz se essa pessoa nesta vida é um irmão, um filho, um cônjuge ou até apenas um amigo, todos temos o direito de aceitar apenas o nosso fardo, que normalmente já é muito pesado, sem perdermos o mérito de ajudar e ter compaixão de quem necessitar, sem que para isso tenhamos que abrir mão de nossa própria caminhada. Isso não é egeoísmo é dar a Cézar o que é de Cézar, como diria Jesus, cabendo a cada um o dever de seu próprio resgate.

Related Posts with Thumbnails
Palavras-chave:,

2 Comentários

  1. Tem algumas também que eu já sonhava também na menininha quando era criança e ela gostava de brincar e eu não tô mentindo porque eu tivesse mentindo não tinha que eu sonhar é muito real como eu vivi eu sonhei que eu estava na praia duas vezes eu fui salvar com Deus ele me salvou duas vezes com estava na praia eu tava me afundando nas águas da praia e de repente alguém salvou era Jesus e eu virei uma estrela e era ele o tempo todo e se você me responder alguns motivos que eu falei que é real eu sonhei com Rafael Cardoso será que ele é meu verdadeiro amor das vidas passadas ou namorado da Flamengo ele é moreno bonito igual Michael Jackson e depois eu sonhei lá em São Paulo também eu tenho muitos pesadelos às vezes de manhã quando eu tô dormindo e algumas noites mas é tão real parece que eu tava no passado tava com Cardoso se beijava escondida do coronel eu não conheço ele nunca conheci ele é bravo brigar com a minha mãe e real sabe eu sonhei com a empregada com uma casa enorme era parece um castelo tão bonito e eu sonhei que eu estava no quarto tão bonito até hoje eu sonho alguém tá atrás de mim e eu sei quem é que está atrás de mim alguém está me perseguindo o tempo todo quem é essa pessoa que essa flamenga da minha Maria Pereira cristóforo tem 36 anos e eu vejo gente pessoas mortas vivas e alguém me falando tempo todo comigo e eu sonhei com a Júlia Castelo que também é real foi mais história real dela ela sofreu muito como eu sofri era muito forte e seus pesadelos que eu tenho até hoje

  2. Eu tenho vidas passadas eu vejo muitos espíritos eu e também gente mortas eu acabei de ver uma pessoa flamenguista no meu sonho mas é real sabe tem gente que não acredita em mim que eu vivia muito tempo de uma fazenda que eu brincava com Carneiros derrepente eu sair com uma pessoa que eu não conheço e tomava café da manhã eu sonhava que eu tinha outra casa eu tava escrevendo no meu meu diário eu era bailarina mas ouve uma pessoa igualzinha a mim mesma eu queria como fazer esquecê-la esse passado eu vivia muito tempo atrás e eu sonhei que eu estava grávida meu filho nasceu morto eu queria salvar não consegui e real sabe você me ajuda eu sonhei com cachorro queria comer a minha carne e eu dei para ele queria me avançar mas eu corri dele porque eu dei para flamenga para ele comer a carne de repente eu sonhei com Caio Castro ele tava no banheiro e ele sumiu de vez eu vi a Claudia Raia também na rua ela virou para mim e foi correndo onde que tem um restaurante aqui do lado da rua porque ela já sabia o motivo da outra casa que eu vi era vazia e eu fiquei lá alguns dias de repente essa casa era de alguém aí eu sonhei também eu não é mentira é verdade não tô mentindo porque a real tem gente que não acredita em mim que a minha reencarnaçãos de uma Flamenga é verdade só queria saber o motivo por quê eu sonhei com o namorado dela que é menino mimado aí ele ficou me olhando e também eu briguei com ele era uma pessoa reencarnaçãos

    é de uma Flamenga

 

ARQUIVO MORTO

AOS MEUS PACIENTES

Nos últimos 10 anos tive pacientes dos mais diferentes tipos no meu consultório: tive os agradáveis, os difíceis, os que queriam resolver logo sua vida, os que queriam apenas aliviar suas dores, aqueles que não sabiam o que queriam, os curiosos; alguns jovens, corajosos; anciãos às portas da morte, pacientes espiritualizados, céticos, cínicos, com fé demais, com fé de menos, "loucos varridos", pacientes divertidos, prepotentes, alguns amargos; todos de alguma forma doentes... de tudo: do corpo... da alma... do coração; mas todos com algo em comum, a necessidade de dividir suas dúvidas e angústias com alguém, de encontrar uma saída para suas dores e formas de acertar o que estava errado em suas vidas.

(clique aqui para ler na íntegra.)

CONSULTAS EM MANAUS