quinta-feira, 20 jun 2019
Administração

Corrupção

Assistindo ao que está acontecendo na política e economia do Brasil nos últimos meses tenho ouvido na imprensa e também na boca de algumas pessoas de bastante notoriedade que na raiz de todos os males do país está a corrupção, nela teriam origem as fraudes, os desvios milionários e os grandes esquemas de roubo na estatais brasileiras. Isso ainda é reforçado pela cultura permissiva de nosso país, que tolera e aceita a corrupção como algo inato à todos os brasileiros e à nossa cultura. Mas, com a licença de vocês, vou discordar desta corrente, que já abrange a grande maioria da população, até porque tendemos errôneamente a considerar corrupção apenas o que está relacionado à valores monetários e ela é muito mais do que isto.

A corrupção não é um ente, ou um subproduto natural de nossa psiquê, nem mesmo um traço de personalidade; ela é o resultado da ambição e sede de desejos desmedidos da raça humana, e não exclusivamente dos brasileiros. Transforma homens e mulheres em seres abomináveis, pelo que se tornam capazes de fazer, apenas para atender seus desejos e vaidade, adoecendo verdadeiramente seus espíritos. Como trabalho já a alguns anos com pacientes que vivem, e revivem, vidas após vidas nas sessões de regressão que utilizamos dentro do processo de terapia de vidas anjo-caidopassadas posso dizer que conheço razoável mente bem os defeitos da alma humana mais comuns, e a corrupção é um dos resultados desses problemas.

Explicando, o ser humano em sua evolução passa de um ser espiritual bruto e ignorante até níveis muito elevados de consciência, e pelo meio dessa estrada em que caminha muito de suas motivações são levadas a cabo pela sua desenfreada busca por satisfação, sucesso e concupiscência. Prostitutas que corrompem seu corpo, médicos que corrompem sua carreira, políticos e religiosos que corrompem sua missão, pais e mães que corrompem seus filhos, todos são exemplos de como podemos nos corromper, por dinheiro, poder ou vaidade.

Frutos de um espírito ainda sem norte nítido, o homem busca através do prazer e da sensação de superioridade sobre os outros uma felicidade que normalmente dormita em si mesmo e, para isto, finda corrompendo sua consciência e seus princípios. De outras vezes transforma suas necessidades naturais em fonte de sensações e desejos equivocados, sempre naquela busca de se locupletar, principalmente pelo que o mundo pode lhe dar. Como o mundo cobra um preço para tudo e o ego, cego, não consegue distinguir onde encontrar a fonte da satisfação mais verdadeiras, finda não hesitando em se vender, e às suas incipientes virtudes, em troca de bens perecíveis e ilusórios. Aí está a fonte de todos os males, INCLUSIVE,  a corrupção. Por isso volto a dizer: ela é efeito, e não causa de nenhum mal; este mal ou o que podemos chamar assim, é que nos deixa suscetíveis a nos corrompermos.

Quando o ser dispõe de uma personalidade bem resolvida, com princípios morais sólidos e consciência tranquila pelo conhecimento do que busca, desenvolve virtudes que se retroalimentam e afastam quaisquer deformidades morais, como o egoísmo e a corrupção, sua filha. Assim não tem como responsabilizarmos, nem ao menos darmos combate a algo que é apenas um reflexo de nossa própria inferioridade moral, e é o que tenho visto; ao longo das estorias que me contam meus pacientes e da própria vida. Assisti a homens e mulheres que venderam seus princípios e suas virtudes por uma satisfação passageira e que, muitas vezes, corromperam também a outros, terminando suas existências de forma infeliz e tendendo a avolumar carmas que irão se constituir em imensa bagagem de culpas e remorsos e serem expiados em vidas posteriores, com muito sofrimento.

Detentores de poder, beleza, inteligência, capacidade de convencimento e outras qualidades, muitas vezes as utilizam em busca de prazer e satisfação apenas para si próprios corrompendo uma missão que tinham a cumprir em benefício de sua evolução e depois tem que se acertar com sua consciência para equacionar estes erros. Em resumo, corrompem na maior parte das vezes a si mesmos. Nem tanto aos outros ou em prejuízo destes, mas inicial e principalmente as suas próprias vidas e histórias.

Related Posts with Thumbnails

 

ARQUIVO MORTO

AOS MEUS PACIENTES

Nos últimos 10 anos tive pacientes dos mais diferentes tipos no meu consultório: tive os agradáveis, os difíceis, os que queriam resolver logo sua vida, os que queriam apenas aliviar suas dores, aqueles que não sabiam o que queriam, os curiosos; alguns jovens, corajosos; anciãos às portas da morte, pacientes espiritualizados, céticos, cínicos, com fé demais, com fé de menos, "loucos varridos", pacientes divertidos, prepotentes, alguns amargos; todos de alguma forma doentes... de tudo: do corpo... da alma... do coração; mas todos com algo em comum, a necessidade de dividir suas dúvidas e angústias com alguém, de encontrar uma saída para suas dores e formas de acertar o que estava errado em suas vidas.

(clique aqui para ler na íntegra.)

CONSULTAS EM MANAUS