sábado, 21 set 2019
Administração

A beleza da vida

Toda beleza da vidapoesia

E todo mistério profundo

Nos são suficientes para alegrar

O coração moribundo

De quem sabe que todas as coisas são apenas,

A ilusão de um segundo.

Pobres homens,

Achando que vivem, num êxtase profundo

Tirando prazer das coisas do mundo,

Não se dão conta do que é mais feio, ou rotundo.

Vêem alegria e felicidade,

Onde outros, mais esclarecidos, veriam,

Loucura e fuga da realidade,

Continuam a se perder nos caminhos enganosos,

De sonhos pecaminosos,

E em atos desditosos,

Que lhes levam à perdição.

O que, num universo fecundo,

Que pariu para a luz do mundo,

Dores, amores, dissabores e ilusão,

Poderia dar ao pobre,

Alegria e amor no coração?

Talvez festa, glamour e paixão?

Para alegrar a vida ilusória

Da qual não existe escapatória

E sem a qual não há razão,

Além de viver em sofreguidão.

E assim poderemos ter a certeza

De que toda a beleza da vida

Jaz no fundo da alma e do coração

Do homem que encontrou, na fé a na emoção

O real sentido do seu existir, com convicção

Sendo feliz, com razão.

Related Posts with Thumbnails
Palavras-chave:, ,

 

ARQUIVO MORTO

AOS MEUS PACIENTES

Nos últimos 10 anos tive pacientes dos mais diferentes tipos no meu consultório: tive os agradáveis, os difíceis, os que queriam resolver logo sua vida, os que queriam apenas aliviar suas dores, aqueles que não sabiam o que queriam, os curiosos; alguns jovens, corajosos; anciãos às portas da morte, pacientes espiritualizados, céticos, cínicos, com fé demais, com fé de menos, "loucos varridos", pacientes divertidos, prepotentes, alguns amargos; todos de alguma forma doentes... de tudo: do corpo... da alma... do coração; mas todos com algo em comum, a necessidade de dividir suas dúvidas e angústias com alguém, de encontrar uma saída para suas dores e formas de acertar o que estava errado em suas vidas.

(clique aqui para ler na íntegra.)

CONSULTAS EM MANAUS