domingo, 25 ago 2019
Administração

A força da fé

Vou aqui dar um testemunho, um testemunho de como podemos ser equivocados e frágeis em nossas crenças, em como podemos ser fracos e perdidos em nossas escolhas e de como nos apegamos muitas vezes ao erro deixando de renunciar aquilo que sabidamente nos faz mal, apenas por nosso próprio e egoísta prazer. Meu testemunho vem de minhas próprias experiências de vida e daqueles que partilham a vida comigo, de meus amigos e clientes, de todos os que afinal sofrem por hesitar e vacilar na confiança que poderiam depositar em si e na providência, aquela mão divina que nos assiste quando acreditamos e nos esforçamos para caminhar harmônicos com nossa consciência. Nesta caminhada as quedas e hesitações são naturais e inerentes à nossa natureza humana e imperfeita, de um espírito criança em evolução.

O nome que damos à confiança que depositamos em nossas próprias forças e na ajuda que vem do alto chamamos de . Muitas vezes confundida com as crenças religiosas e o fanatismo nada tem a ver com eles, e contudo pode fazer parte de sua realidade indiscutivelmente. Fé e confiança são palavras indissociáveis, assim como crer e saber-se amparado. Aquele que tem fé, mesmo em meio às mais tormentosas dificuldades permanece inabalável, e diante dos problemas aparentemente mais insuperáveis mantém uma serenidade muitas vezes incompreensível para quem não partilha de suas crenças.

Ter fé é muito mais do que ter apenas uma religião, ou professar uma crença, é ter uma confiança inabalável em que não se está só no mundo, que tudo tem um sentido e um motivo, nada ocorre por acaso e que por trás de cada obstáculo há um aprendizado e um mérito a ser conquistado. Fé combina com paciência, resignação, complacência, mansuetude, e humildade, enfim, todas as qualidades morais. A fé nos coloca próximos de Deus, do Deus de cada um, à sua maneira e do seu jeito, mas sempre nos faz sentir que não estamos sós perante as dificuldades por mais que todo o mundo nos vire as costas. Fé é saber-se filho e ao mesmo tempo pai, irmão, irmã, mãe e filha, merecedor e doador de vida, da paz e de tudo o que todos tem direito de partilhar. Quem tem fé nunca está só, pois percebe que tudo no universo lhe acompanha.deus-fé

Sem fé todas as dores e doenças parecem infindas, a ausência de fé leva à desesperança, aliada do abandono e prenúncio do desespero. Quantas vezes hesitei, fraquejei, caí e levantei, mas só assim aprendi que para se encontrar a fé é preciso primeiro encontrar um motivo, um motivo para confiar, para acreditar, para saber, que a vida pode melhorar, que as dores um dia irão cessar, que a vida pode ser bela apesar de tantas coisas feias a povoarem, para crer que existe sempre alguém que nos ama em algum lugar, da forma mais sincera e que nos aguarda para poder nos dizer isso. É saber, enfim, que a nossa existência não é vã e devemos aproveita-la ao máximo, da forma mais positiva, pois da negativa já estamos cansados. Agora é nossa vez de vencer, com fé.

Related Posts with Thumbnails
Palavras-chave:, ,

 

ARQUIVO MORTO

AOS MEUS PACIENTES

Nos últimos 10 anos tive pacientes dos mais diferentes tipos no meu consultório: tive os agradáveis, os difíceis, os que queriam resolver logo sua vida, os que queriam apenas aliviar suas dores, aqueles que não sabiam o que queriam, os curiosos; alguns jovens, corajosos; anciãos às portas da morte, pacientes espiritualizados, céticos, cínicos, com fé demais, com fé de menos, "loucos varridos", pacientes divertidos, prepotentes, alguns amargos; todos de alguma forma doentes... de tudo: do corpo... da alma... do coração; mas todos com algo em comum, a necessidade de dividir suas dúvidas e angústias com alguém, de encontrar uma saída para suas dores e formas de acertar o que estava errado em suas vidas.

(clique aqui para ler na íntegra.)

CONSULTAS EM MANAUS