quarta-feira, 24 abr 2019
Administração

Sonhar acordado

Muitas pessoas acham que sonhar e dormir estão sempre associados, mas não é bem assim. A realidade de nossa existência psíquica é muito mais ampla do que apenas estar dormindo ou estar acordado ou ainda estar  em vigília ou inconsciente. “Na verdade o sonhar jamais é interrompido, apenas deixará, por algumas horas de ser captado. O sonho está sempre presente. Para ele não há início ou final” — Sonhos – A primeira mediunidade – Márcio de Carvalho.

A partir dessas palavras o autor quis dizer que nossa mente, e nosso inconsciente permanecem em constante atividade, que não é interrompida só porque estamos dormindo, na realidade neste estado simplesmente estamos mais permissivos à realidades que durante a vigília não nos permitimos liberar, pois ocupamos completamente nossa mente em atender as necessidades de nosso ego neste plano. Quando sonhamos estamos vivendo mundos tão ou mais reais que os nossos, com a diferença de que estamos lá em corpos que não os nossos físicos, mas os que podemos chamar de espirituais ou etéricos.

Todos os mundos não físicos são oníricos, isso quer dizer que enquanto os visitamos teremos a impressão que vivemos um sonho onde a realidade em muito difere da do mundo manifesto em nossovida salvador dali plano terreno. Assim podemos dizer que os espíritos vivem num mundo que mais se parece um sonho do que uma realidade física e palpável, mas onde as coisas podem tão reais ou irreais como aqui, a depender de como as percebam. A realidade depende exclusivamente de como a interpretamos pelos nossos sentidos, e quanto mais amplos eles são, mais complexa essa realidade se torna. Imaginemos então como serão as potencialidades de sentir do espírito, virtualmente infinitas, e teremos a noção de até onde pode ir a sua realidade.

Deve ser por esse motivo que a Física, como ciência em nosso mundo, já comprovou que a realidade percebida depende, e é formada, de acordo com a consciência de quem a observa. Quer dizer, mesmo com nossos parcos recursos tecnológicos já foi possível vislumbrar que tudo o que existe é fundamentado no que somos, sentimos e pensamos. Assim podemos construir individual e coletivamente nosso inferno ou nosso paraíso, nosso Nirvana ou nosso Hades, um mundo completo, ou o nada, depende apenas do que nossa consciência ditar. Outra forma de perceber como a realidade e o sonho são permeáveis, ou intercambiáveis, são na alucinações dos esquizofrênicos, dos chamados “loucos”, que não conseguem diferenciar o que é real do imaginário, o sonho do pesadelo, a morte da vida. Para essas pessoas o pesadelo é eterno e o mundo e as pessoas fazem parte dele, ameaçadora e sofridamente. Literalmente sonhando acordados os piores pesadelos.

Related Posts with Thumbnails

 

ARQUIVO MORTO

AOS MEUS PACIENTES

Nos últimos 10 anos tive pacientes dos mais diferentes tipos no meu consultório: tive os agradáveis, os difíceis, os que queriam resolver logo sua vida, os que queriam apenas aliviar suas dores, aqueles que não sabiam o que queriam, os curiosos; alguns jovens, corajosos; anciãos às portas da morte, pacientes espiritualizados, céticos, cínicos, com fé demais, com fé de menos, "loucos varridos", pacientes divertidos, prepotentes, alguns amargos; todos de alguma forma doentes... de tudo: do corpo... da alma... do coração; mas todos com algo em comum, a necessidade de dividir suas dúvidas e angústias com alguém, de encontrar uma saída para suas dores e formas de acertar o que estava errado em suas vidas.

(clique aqui para ler na íntegra.)

CONSULTAS EM MANAUS