terça-feira, 17 set 2019
Administração

Porque sonhamos?

Os sonhos, como as regressões, trazem das camadas mais profundas da psique conteúdos e informações que normalmente são inacessíveis e incompreensíveis à nossa lógica habitual, normalmente em uma linguagem que é própria do inconsciente e cujos sinais diferem dos da nossa vida cotidiana consciente. Em linguagem psicanalítica chama-se de Self a sede de nossa consciência ou ainda de nosso espírito, este para se fazer entender utiliza símbolos que possam ser assimilados pelo ego desperto sempre agindo a favor do processo de desenvolvimento de nossa personalidade. Essas informações teriam uma enorme dificuldade de serem traduzidas ao nosso ego se não utilizassem símbolos reconhecíveis pelo sonhador e de uma forma que o deixa a par de situações, traumas e problemas que ele não teria coragem de abordar de outra maneira.

Durante a vigília, ou enquanto estamos acordados, nosso cérebro recebe informações de nossos cinco sentidos, os quais tem muitas limitações; porém quando dormimos há uma diminuição natural do ritmo e funcionamento do cérebro, que passa a ter também uma ligação mais enfraquecida com a mente, aquela parte pensante de nós que independe do corpo físico, e é assim que nossa consciência adentra o plano astral, ou espiritual, onde a partir de agora pode captar a realidade do universo, não mais por meio apenas de nervos e órgãos, mas por sua ação energética e fluídica. Assim se encontrando pode entrar em contato e mesmo fazer trocas energéticas de impressões e memórias com outras pessoas que estejam no mesmo plano, criando situações em que se pode perceber como partícipe de uma única mente ou energia, assim como nossas memórias podem ser percebidas como comuns e nossa própria personalidade partilhada e não mais única, em sonhos, mentes podem interpenetrar-se deslocando uma dentro das outras.

Esses são os motivos pelos quais ao sonharmos temos impressões tão fantásticas e irreais da realidade à nossa volta, de unificação, despersonalização, atemporalidade e conhecimento de coisas e lugares que nunca dantes  tivemos contato. Nos sonhos todas as potencialidades do espírito se encontram disponíveis, livres das amarras do corpo físico e, saindo deste, nossa compreensão e sabedoria sobre tudo o que existe  se encontram altamente desenvolvidos. A isso podem se juntar conteúdos presentes e passados, afinal ao espírito o tempo não passa de uma ilusão, assim vidas passadas futuras, sonhos e encontros espirituais que tivemos ao longo de várias existências, podem se permutar em nossa infinita memória astral estando à disposição de nossa mente inconsciente para que nos situemos melhor na vida presente dando um destino melhor ao nosso existir.Sonhos1

Todas as teorias que tentam entender os sonhos a partir de uma visão essencialmente materialista do ser humano vão falhar ou se interromper precocemente, pois não chegarão jamais ao cerne de tão profunda viagem, que passa por vidas e planos que não se limitam apenas à esta vida, e necessitam de uma entrega e confiança de nosso ego ao nosso espírito, coisa que ele não faz com facilidade, impedindo assim acessos e conhecimentos mais aprofundados. Continuemos sonhando, confiando que nestas viagens teremos a liberdade e satisfação que jamais teremos aqui, portas que se abrem para que possamos vislumbrar e entender o sentido da vida e de nossa existência.

 

 

Related Posts with Thumbnails
Palavras-chave:, ,

 

ARQUIVO MORTO

AOS MEUS PACIENTES

Nos últimos 10 anos tive pacientes dos mais diferentes tipos no meu consultório: tive os agradáveis, os difíceis, os que queriam resolver logo sua vida, os que queriam apenas aliviar suas dores, aqueles que não sabiam o que queriam, os curiosos; alguns jovens, corajosos; anciãos às portas da morte, pacientes espiritualizados, céticos, cínicos, com fé demais, com fé de menos, "loucos varridos", pacientes divertidos, prepotentes, alguns amargos; todos de alguma forma doentes... de tudo: do corpo... da alma... do coração; mas todos com algo em comum, a necessidade de dividir suas dúvidas e angústias com alguém, de encontrar uma saída para suas dores e formas de acertar o que estava errado em suas vidas.

(clique aqui para ler na íntegra.)

CONSULTAS EM MANAUS