sábado, 21 set 2019
Administração

Sensação de morte

Sensação de morte,cemiterio

de estar sem sorte,

inimiga das horas,

perdida nos dias,

quem sabe faria,

abaixo da terra,

doentes ou sãos,

todos irmãos?

Sensação enganosa

de fim sem meio

sem credo, sem freio,

de tudo amargosa.

Ai meu Deus quem me dera,

saber hoje o que sei,

e assim sendo, jamais esquecerei,

dos dias que vi, e de cada era.

E só assim saberei

que a sorte não existe,

apenas o destino assiste

a quem sabe de sua vida cuidar.

E eu, inexperiente

passei a vida toda contente

sem sequer uma dor de dente

esquecendo que ninguém está dormente,

à justiça divina,

e hoje é essa a minha sina:

escrever, esclarecer, iluminar,

na vã esperança de que alguém vá um dia alcançar,

a sabedoria infinita que nos toca a alma bendita,

deixando pra trás qualquer desdita,

fazendo da vida uma estrada de luz.

Related Posts with Thumbnails
Palavras-chave:

 

ARQUIVO MORTO

AOS MEUS PACIENTES

Nos últimos 10 anos tive pacientes dos mais diferentes tipos no meu consultório: tive os agradáveis, os difíceis, os que queriam resolver logo sua vida, os que queriam apenas aliviar suas dores, aqueles que não sabiam o que queriam, os curiosos; alguns jovens, corajosos; anciãos às portas da morte, pacientes espiritualizados, céticos, cínicos, com fé demais, com fé de menos, "loucos varridos", pacientes divertidos, prepotentes, alguns amargos; todos de alguma forma doentes... de tudo: do corpo... da alma... do coração; mas todos com algo em comum, a necessidade de dividir suas dúvidas e angústias com alguém, de encontrar uma saída para suas dores e formas de acertar o que estava errado em suas vidas.

(clique aqui para ler na íntegra.)

CONSULTAS EM MANAUS