sábado, 21 set 2019
Administração

O segredo da felicidade

Assistindo o programa Globo Repórter , da Rede Globo, desta semana vi como estão os estudos atuais sobre a felicidade no Brasil e no Exterior, o que é excelente afinal , pois o que é a vida se não essa busca infinda pela felicidade?

O que se pôde verificar com o resultado daqueles estudos foi que o perdão, a família, a saúde, a idade, a forma como como se vive e de como nos percebemos no mundo; tudo isso está relacionado à felicidade afinal, mas a lição mais importante veio das crianças, as pesquisas mostraram que a felicidade, para elas, está intimamente relacionada à simplicidade, o que é a mesma coisa que tenho percebido no aprendizado e nas vidas dos meus pacientes. Outra coisa que o programa nos mostrou foi que a  felicidade a nível individual está muito relacionada à felicidade de quem está à nossa volta, como amigos e parentes,felicidade-e-a-certeza-q-nossa-vida-nao-esta-se-passando-inutilmente-erico-verissiompo coisa que também comprovo em terapia: a felicidade não existe para ninguém sozinho.

Um pesquisador do programa também confirmou o que muitos já sabem: que não existe receita para ser feliz e que a felicidade não é uma emoção nem uma alegria, mas antes um estado que muitas vezes nem é percebido como tal, nem tem nome, simplesmente é um fluxo. Tudo isso tem interessando aos cientistas por sua capacidade de prover o homem de uma vida maior e com mais qualidade, só que em oposição ao bom estado daquele fluxo existem a pressa, a ansiedade, a falta de capacidade de desempenhar suas tarefas devido à uma incapacidade física, o stress, a falta de tempo para fazer tarefas agradáveis são fatores que levam a felicidade embora. Agora saber, via o programa, que a mágoa e o ressentimento são comprovadamente fatores que levam ao desenvolvimento em pouco tempo de tumores e ao desencadeamento de infartos foi uma novidade muito boa, pois mostrou também que o perdão, a fé e a reflexão para transformar a raiva em amor são extremamente salutares e possíveis, combatendo e anulando todos aqueles problemas de saúde e nossas inquietudes internas, e aí reside o segredo da verdadeira felicidade, segundo a ciência atual.

Se existe algo que tirei de proveitoso nos anos em que trabalhei com a Terapia de Vidas Passadas foi e descoberta de que essas coisas que a ciência hoje está comprovando são realmente eficazes para que adquiramos o estado que podemos de chamar de feliz. Infelizmente também tenho comprovado que na grande maioria os homens só conseguem perceber as coisas que podem trazer a felicidade para si após ter perdido a vida; quando já transitaram os portões da morte e estão irremediavelmente deixadas para trás as coisas que poderiam lhes transformar em seres completos. Não é fácil abrirmos mão das paixões e dos apegos que nos tem escravizado ao longo dos séculos, aquelas coisas que nos dão pequenas e fugazes gratificações e nos fazem ceder aos apelos do Ego, que só deseja e quer se satisfazer das coisas do mundo, porque foi feito para ele e para que pudéssemos transitar por ele com desenvoltura; mas, para que transcendamos nossas fraquezas é necessário justamente que superemos o egoísmo de nosso Ego, e o nome já diz tudo ego+ismo, amor exagerado ou devoção a si mesmo, ao próprio Ego. Então, para que consigamos encontrar tudo o que precisamos ainda nesta vida, temos que abrir mão de nosso Ego-ísmo em prol de coisas e valores realmente proveitosos.

A observância deste princípio vi no programa da Rede Globo foi o que mais auxiliou os entrevistados na sua conquista pela felicidade, ao abrir mão de seus orgulhos, de cultivar o perdão e o amor verdadeiros, e de buscar apenas dentro de si, longe das vaidades humanas, aquilo que os fez ficar em paz e felizes de verdade, foi o que os transformou em pessoas mais completas e satisfeitas com a vida, sem que necessariamente eles tivessem que buscar a felicidade como objetivo em si. O que podemos ver é que o sentido que tem o caminho da felicidade é o de se ir em busca de valores internos, e o que vemos acontecer é um equívoco, as pessoas buscam se preencher de fora para dentro, buscando as conquistas do mundo para tentar completar sua felicidade interior. Assim temos que tomar a direção do nosso mundo interior, garimpando lá, no nosso íntimo, aquilo que realmente nos faz sentir bem e realizados.

A simplicidade, a observação da beleza da vida nas pequenas coisas, o cultivo do amor verdadeiro na família e com os amigos, a conquista da paz interior pela ausência de necessidades que não são reais; todas são lições que tenho visto serem aprendidas pelos meus pacientes ao longo de suas vidas e que tem transformado o seu espírito em almas cada vez maiores e mais iluminadas, e todas podem ser aprendidas por nós a qualquer tempo, basta que desejemos ser melhores e mais desapegados do mundo.

Related Posts with Thumbnails

 

ARQUIVO MORTO

AOS MEUS PACIENTES

Nos últimos 10 anos tive pacientes dos mais diferentes tipos no meu consultório: tive os agradáveis, os difíceis, os que queriam resolver logo sua vida, os que queriam apenas aliviar suas dores, aqueles que não sabiam o que queriam, os curiosos; alguns jovens, corajosos; anciãos às portas da morte, pacientes espiritualizados, céticos, cínicos, com fé demais, com fé de menos, "loucos varridos", pacientes divertidos, prepotentes, alguns amargos; todos de alguma forma doentes... de tudo: do corpo... da alma... do coração; mas todos com algo em comum, a necessidade de dividir suas dúvidas e angústias com alguém, de encontrar uma saída para suas dores e formas de acertar o que estava errado em suas vidas.

(clique aqui para ler na íntegra.)

CONSULTAS EM MANAUS