terça-feira, 19 fev 2019
Administração

Terra que flutua

O tudo e o nada,poesia

O sal e a espada,

O peito da amada,

Fazem parte desta enorme,

Orbe afastada,

Que flutua sem suportes,

Entrefortes e armada,

Apenas pelo pensamento,

Da forma inesperada,

De um Ser que nos separa e une

A cada alvorada,

Escrevendo a cada dia,

No mar da vida, com sabedoria,

A mais pura poesia,

Em versos de luz e alegria.

Quem pode se comparar a essa maestria?

Vinda de um Deus que associa:

Homens, pedras e astros,

E que tira da matéria bruta,

Frutos de amor e melodia?

 

Related Posts with Thumbnails
Palavras-chave:,

 

ARQUIVO MORTO

AOS MEUS PACIENTES

Nos últimos 10 anos tive pacientes dos mais diferentes tipos no meu consultório: tive os agradáveis, os difíceis, os que queriam resolver logo sua vida, os que queriam apenas aliviar suas dores, aqueles que não sabiam o que queriam, os curiosos; alguns jovens, corajosos; anciãos às portas da morte, pacientes espiritualizados, céticos, cínicos, com fé demais, com fé de menos, "loucos varridos", pacientes divertidos, prepotentes, alguns amargos; todos de alguma forma doentes... de tudo: do corpo... da alma... do coração; mas todos com algo em comum, a necessidade de dividir suas dúvidas e angústias com alguém, de encontrar uma saída para suas dores e formas de acertar o que estava errado em suas vidas.

(clique aqui para ler na íntegra.)

CONSULTAS EM MANAUS