sexta-feira, 28 nov 2014
Administração

Cirurgia espiritual

Em minhas leituras e experiências de vida já havia tido conhecimento do que alguns chamam de “cirurgia espiritual”, realizada em centros espíritas Brasil afora, por médiuns “incorporados” por espíritos de médicos que já se foram de muito, alguns conhecidos outros anônimos, tem resultados que muitas vezes impressionam. Em algumas situações essas cirurgias são para a retirada do que os espíritas nomearam “chips”, mas nunca havia presenciado uma, hoje tive essa satisfação numa situação insólita que vou relatar a vocês.

A. é uma paciente triste e melancólica que está em tratamento psicoterápico comigo a um ano e meio, nesse período tem tido melhoras graduais, mas consistentes. Com algumas dificuldades em se relacionar com os homens, aos 27 anos ainda não conseguiu nenhum relacionamento romântico completo com ninguém, achando que está fadada a ser só pelo resto da vida, com isso se tornou insegura, desconfiada e arredia. Tem pensamentos de que não merece ser feliz e de suicídio que são recorrentes.

Em sua segunda regressão lembrou ter engravidado de outro homem, que não era seu parceiro, e este ao voltar de uma viagem e descobrir sua gravidez, o que fez seu marido lhe obrigar um aborto,  o que resultou em sua morte junto com o feto. Depois disso foi levada no astral por uma mulher, para uma região de muito sofrimento onde, ainda segundo ela, lhe acoplaram “coisas” internamente, como se fossem “programas de infelicidade” que atuavam de forma hipnótica, com ideias de abandono, solidão e autodestruição.

Bem, na sessão de hoje ocorreu algo inédito e inusitado. Lá pelo final, quando já estava encerrando a regressão, ela, ainda regredida, mencionou que tinha algo importante pra falar, e disse que tinhachip dentro dela uma “estrutura metálica”, mais precisamente em seu corpo espiritual, lhe estimulando continuamente a culpa, parecida com os sentimentos que vinha sentindo em regressões anteriores. Imediatamente relatou estar se vendo num hospital, perguntei-lhe se era aqui ou no passado, ao que ela me respondeu que estava lá agora. Com a intuição de que ela não havia sido levada lá à toa, perguntei se tinha mais alguém com ela, o que confirmou dizendo que estavam naquele ambiente dois médicos e uma enfermeira, todos vestidos como cirurgiões.

“Estou me sentindo adormecer” foi sua despedida no que pareceu ser um entorpecimento que iria lhe “anestesiar” para a cirurgia. Decidi não atrapalhar e ajudar no que pudesse, então fui aprofundando seu transe e lhe dessensibilizando para permitir que a cirurgia ocorresse bem; o que realmente aconteceu. Ela adormeceu profundamente enquanto imaginei que os cirurgiões trabalhavam em seu corpo astral.cirurgia

Deixei-a um tempo quieta e  tentei lhe trazer de volta à consciência, não adiantou, pois continuava num sono profundo, tentei novamente alguns minutos depois e ela recobrou a vigília, ainda que meio grogue, mas se sentindo bem. Conversamos, impressionados, sobre o que tínhamos acabado de presenciar e finalizamos a sessão ansiosos pelos resultados da tal cirurgia em sua vida.

 

Related Posts with Thumbnails

2 Comentários

  1. Bom dia ! por favor gostaria de lhe conta algo mas é muito serio que acontceu comigo durante uma regressão, mas só poderei relata por E- mail .que só vc poderá ler.

    1. Mande para ney@vidaspassadas.net que lerei, Ney

 

AOS MEUS PACIENTES

Nos últimos 10 anos tive pacientes dos mais diferentes tipos no meu consultório: tive os agradáveis, os difíceis, os que queriam resolver logo sua vida, os que queriam apenas aliviar suas dores, aqueles que não sabiam o que queriam, os curiosos; alguns jovens, corajosos; anciãos às portas da morte, pacientes espiritualizados, céticos, cínicos, com fé demais, com fé de menos, "loucos varridos", pacientes divertidos, prepotentes, alguns amargos; todos de alguma forma doentes... de tudo: do corpo... da alma... do coração; mas todos com algo em comum, a necessidade de dividir suas dúvidas e angústias com alguém, de encontrar uma saída para suas dores e formas de acertar o que estava errado em suas vidas.

(clique aqui para ler na íntegra.)

VÍDEOS