quinta-feira, 20 jun 2019
Administração

Os “ficha limpa” e o Carma

dominoOntem foi derrubada no Brasil, mais precisamente pelo Supremo Tribunal Federal, uma lei histórica que penalizava os chamados políticos ficha sujas”, estes, aí incluindo-se figuras conhecidas da república por desvios de verba, corrupção, mal-versação de recursos públicos, etc., muitos tem uma história pregressa de processos e condenações que poderia impedi-los de se elegerem para ocuparem cargos públicos, mas não foi o que aconteceu. Até ai nenhuma novidade, para quem conhece o Brasil e o STF, mas quero aproveitar o fato para explorar um tema interessante que é o chamado Carma.

O Carma é um conceito filosófico-religioso oriental que foi sendo incorporado pelo ocidente e passou a fazer parte do vocabulário esotérico da civilização atual de forma bastante disseminada; basicamente relaciona os atos que realizamos ao longo da(s) vidas às consequências desses atos para nós mesmos, num ciclo que muitos chamam de lei da causa e efeito.

O que chama a atenção no fato brasileiro de derrubada de uma lei aparentemente tão importante é que , independente das firulas jurídicas envolvias, ficou-se no Brasil com a impressão de que o povo se frustrou em suas aspirações de melhora política e, principalmente, que aqueles “fichas sujas” que tanto fizeram, e fazem ainda, prejudicando a população mais necessitada do país, não tem o retorno devido de seus maus atos, e isso nos revolta, mas essa impressão é engano, vou explicar porque. Aplicando o mecanismo do carma e minha experiência com vidas passadas vou explorar o tema para que possamos entender melhor o assunto, afinal políticos inescrupulosos, corrupção, e fazer o mal sem ter a paga por isso, aparentemente, não são exclusividades do Brasil.

A primeira coisa que temos que entender é que se acreditarmos que a vida é apenas uma, com todos os limites que temos em nossa curta existência, sem a possibilidade de repararmos os erros cometidos nem termos chance de recompor tudo o que eventualmente perdemos, realmente o mundo nos parecerá extremamente injusto e aí valerá a lei do “cada um por si e Deus por todos”, caso contrário, e esse é meu caso; quando passamos a entender a existência de forma mais ampla, a partir da visão de que somos consciências eternas vivendo uma experiência carnal, aí as coisas mudam de figura e fica mais fácil entendermos como iremos reparar erros do passado e termos como evoluir ao longo das eras. Caso você ainda não esteja habituado com esses conceitos sugiro que pesquise e se informe mais sobre reencarnação para poder acompanhar melhor o tema.

As pessoas, como nos casos dos políticos que foram “absolvidos” de suas falcatruas, bem como daqueles que os “absolveram”, sabe-se lá porque motivo, talvez terminem suas vidas atuais de forma bem confortável, usufruindo de tudo aquilo que acumularam em detrimento de outros que talvez morram ou ainda vão morrer na penúria, até o desta existência, mas o Carma não sofre os limites do tempo, convenção humana para melhorar a civilização, ele simplesmente acontece como efeito de nossos atos. Não pense que quem plantou abacaxis vai colher uvas, sempre vamos colher o fruto de nossos atos, melhores ou piores.

Tenho visto na história de meus pacientes os efeito do carma em suas vidas, atuais e pregressas, na prática, vou contar como isso acontece: como muitos pacientes lembram de várias vidas findam recordando, sentindo e sofrendo, pois a recordação é muito vívida, do sofrimento que tiveram que passar como consequência de seus erros e desatinos. Isso é extremamente fácil de ser constatado, basta que numa regressão, ao final de uma vida que porventura tenha sido de erros, crimes ou excessos, perguntemos ao espírito, logo depois que ele viu a morte chegar, onde foi parar ou constatemos quais suas decisões em relação ao seu futuro.

inexoravelmente acontecem uma das duas hipóteses: ou o espírito vai diretamente para uma região de dor e sofrimento muito grande que chamamos de Umbral, que, em muitos casos lembra o inferno católico, por um tempo muito longo, mas não infinito, ou o espírito escolhe para si mesmo uma próxima existência de dor e dificuldades, de todos os tipos, aonde possa expiar os erros daquela vida que passou.

Esses conceitos apesar de parecerem similares aos de algumas religiões, não o são, apesar de que tenho certeza, devem ter inspirado muitos profetas e guias espirituais. Na verdade isso são fatos que constato durante a terapia e que, por vezes, vejo manifestarem suas consequências nesta vida mesmo, na forma de doenças destrutivas e inesperadas, pela depressão ou doenças psicológicas muito mais graves, pela não aceitação de um determinado tipo de deficiência física, social ou familiar e por aí vai, existem dezenas de exemplos a se dar.

O que vejo é que simplesmente ninguém passa incólume pelos crimes que tenha cometido contra a ordem universal e contra as leis que Deus criou para ordenar a existência, podemos até dizer que não acreditamos em nada disso, em vida após a morte, ou confiemos, como ensinam algumas religião que apenas nos arrependendo ou “aceitando Cristo” e coisas do tipo vai ser suficiente para repararmos todos os nossos erros, sinto dizer, mas não é assim que funciona. Conforme posso constatar todos os dias o retorno cármico do que fizemos vai vir de qualquer jeito, nesta ou na(s) próximas vidas, é só esperar para ver, afinal a vida é eterna e Deus não tem pressa.

Related Posts with Thumbnails

 

ARQUIVO MORTO

AOS MEUS PACIENTES

Nos últimos 10 anos tive pacientes dos mais diferentes tipos no meu consultório: tive os agradáveis, os difíceis, os que queriam resolver logo sua vida, os que queriam apenas aliviar suas dores, aqueles que não sabiam o que queriam, os curiosos; alguns jovens, corajosos; anciãos às portas da morte, pacientes espiritualizados, céticos, cínicos, com fé demais, com fé de menos, "loucos varridos", pacientes divertidos, prepotentes, alguns amargos; todos de alguma forma doentes... de tudo: do corpo... da alma... do coração; mas todos com algo em comum, a necessidade de dividir suas dúvidas e angústias com alguém, de encontrar uma saída para suas dores e formas de acertar o que estava errado em suas vidas.

(clique aqui para ler na íntegra.)

CONSULTAS EM MANAUS